Fortunati recebeu mais de R$3 milhões de empreiteiras e construtoras.

Fortunati e empreiteiras são "amigos".

Fortunati trata empreiteiras como “amigos”.

O atual prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, recebeu em sua campanha eleitoral pelo menos R$3.180.000,00 de empreiteiras, construtoras e outras empresas do ramo da engenharia. Este total representa mais da metade do valor total declarado de sua campanha R$ 6,247,148.32 (clique aqui para ver a prestação de contas na íntegra). Entre estas empresas está a Toniolo Busnello que está realizando as controversas obras de duplicação da Avenida Edvaldo Pereira Paiva, que sozinha, doou oficialmente R$221 mil à campanha de Fortunati. Fortunati já afirmou anteriormente que possui amigos no SICEPOT (Sindicato da Indústria de Construção de Estradas, Pavimentação e Obras de Terraplenagem do RS), do qual participam empresas como a Toniolo Busnello e OAS, essa “amizade” fica clara ao vermos as volumosas doações recebidas por ele. Este tipo de “patrocínio”, de financiamento de campanha, não deixa de ser um tipo de corrupção legalizada, pois nenhuma empresa dá dinheiro a alguém sem esperar algo em troca. E o que as empreiteiras estão recebendo em troca do governo Fortunati?

Isso talvez possa ser respondido por, entre outras coisas, o fato de o então Secretário Municipal do Meio Ambiente de Fortunati, Luis Fernando Záchia, junto com outros servidores da SMAM, ter sido acusado pela Polícia Federal de vender licenças ambientais para empreendimentos. A quem favorece a venda de licenças ambientais? Será que esses dois fatos  que envolvem empreiteiras e a administração municipal são apenas fatos isolados? Coincidência? Difícil de acreditar.

Anúncios