A Agricultura e a Fome

Em 2007 o Brasil produziu 133 milhões de toneladas de alimentos. Uma pessoa ingere, em média, 3 quilogramas de alimento por dia, incluindo líquidos. Ou seja, somente a produção de grãos do país já seria suficiente para alimentar muito mais que 133 milhões de pessoas. É claro que arroz integral é coisa de riponga, então nós refinamos o arroz e deixamos ele menos nutritivo e deixamos as fibras e minerais para os animais comerem, o que acaba realmente sendo comido desses cereais é uma parcela menor. Mas em compensação, esses grãos precisam ser cozidos, o que aumenta seu peso consideravelmente.

Mas ninguém se alimenta só de grãos, e o país também é um grande produtor de frutas e hortaliças. E somando tudo dá para dizer tranqüilamente que produzimos alimento suficiente para alimentar nossos 180 milhões de habitantes e continuar exportando o excedente.

E, no entanto, institutos de pesquisa quem em 2004 haviam mais de 13 milhões de pessoas passando fome no Brasil. Por que isso acontece?

“As pessoas precisam se alimentar em outros países também, por isso exportamos boa parte da nossa produção”, alguém disse. Porém a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) afirma que a produção mundial de alimentos para 2008/09 baterá novo recorde, chegando aos 2,24 bilhões de toneladas. Suficiente para prover 370 gramas de cereais para cada habitante do planeta, arrisco eu dizer o suficiente para uma vida saudável a todos, pois não estamos considerando aqui a ingestão de líquidos, frutas e hortaliças.

Enquanto, isso no velho continente, em cidades como Viena, um quarto do lixo doméstico é composto de alimentos não consumidos, em condições perfeitas de consumo.

Por que temos essa distribuição tão desuniforme de alimentos? Por causa do dinheiro. Dinheiro não quer dizer riquezas, pois muitos dos países mais “ricos” do mundo não são capazes nem de produzir alimento para garantir a sobrevivência da sua população, já acabaram com suas riquezas naturais há séculos e agora dependem de países mais pobres que lhe produzam esse alimento.

O problema é que dinheiro gera ganância e um acúmulo irreal de riquezas. Ninguém vai ter interesse em produzir alimentos para alimentar os pobres se pode vender para os mais ricos por um preço melhor, mesmo que esse produtor já leve uma vida confortável e até mesmo luxuosa, ele vai continuar sempre dando preferência ao lucro do que ao bem-estar de outros seres humanos. E as pessoas “ricas” que compram esse alimento, se acham no direito de comprar alimento além do que conseguem consumir e jogar o excedente no lixo para as baratas e ratos.

Então, aproveito o tema para recomendar mais um documentário bem interessante: We Feed The World (Nós Alimentamos o Mundo). Nele o cineasta austríaco Erwin Wagenhofer, segue a rota da comida dos alimentos. Da Europa, à América Latina e como a demanda de soja para ração animal contribui para o desmatamento da Amazônia.

Recomendo muitíssimo.

Está disponível para download via Torrent.

Anúncios

4 Comentários on “A Agricultura e a Fome”

  1. andrielle disse:

    acrementaria sobre q uma criança morre a cada 5 segundos, segundo a fac (organizaçao da agricultura e alimentos)

  2. Hipólito Augusto disse:

    Essa realidade é um vexame ao espírito humano, a presente desumanidade é um fato que nos coloca como os mais inteligentes e irracionais seres viventes neste paraiso chamado terra.

    Sonhemos, arregacemos a camisa e vamos à luta, todos aqueles que buscam uma vida digna, decente, com essência, não permitamos se apagar a chama da vida.

    Abraço fraterno,
    Hipólito Augusto.-

  3. Parabéns pela postagem, curso agronomia e meus ideais são: plantar para comer, não para ganhar dinheiro. Adorei a dica de documentário. Abraços.

  4. Liandra Ilanna Pinho e Pinho disse:

    amei o último comentário


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s