O Circo está na cidade

Dia 29 de março de 2008, Isabella Nardoni, de seis anos foi morta, assassinada, segundo a Polícia. Desde então a grande mídia vem dando uma atenção descabida ao caso. O caso da menina é trágico, sem dúvida, mas não mais trágico que a morte de centenas de outras crianças que não recebem tanto destaque. Por que será que a mídia têm se dedicado se dedicado mais ao caso de Isabella que o de outras crianças?

O caso de Marielma de Jesus Sampaio, de 11 anos, foi tão ou mais trágico que o caso de Isabella Nardoni. Filha de agricultores humildes do Pará, Marielma foi espancada até a morte pela mulher para quem trabalhava de babá em Belém. Mas por algum motivo a imprensa deu mais atenção ao caso Nardoni. Isso é comprovado facilmente verificando-se a repercussão do caso com uma busca pela internet:

Passaram-se nove meses desde a morte da menina Marielma, em novembro de 2005 até a condenação da patroa por júri popular, em agosto de 2006, e uma busca no Google por “Marielma de Jesus Sampaio” produz 483 resultados. Enquanto que desde o assassinato de Isabella Nardoni, passaram-se apenas 23 dias, mas uma busca no Google por “Isabella de Oliveira Nardoni” gera aproximadamente 76.800 resultados. Ou seja, Marielma fica com meros 1,78 publicações por dia, contra mais de 3 mil resultados por dia para Isabella.

Será que o fato de Isabella pertencer a uma família mais rica que Marielma tem algo a ver? Afinal, todo mundo tá acostumado a ver pobre morrer, seja assassinado, de fome ou por bala perdida.

A mídia criou um espetáculo e a população reage de acordo. O caso virou um verdadeiro circo no qual vemos cidadãos que não tem nada a ver com o caso, fazendo vigílias na frente de delegacias, visitando cemitério, fazendo luto e chorando pela morte de uma criança que nem conheceram para depois passar reto por uma criança de rua dormindo na calçada.

Façamos um luto pela coerência e pela imprensa responsável.

Anúncios

7 Comentários on “O Circo está na cidade”

  1. Fabian disse:

    Hoje estava escutando, o Brasil tem uma média de 1,2 crianças assassinadas de maneira brutal, por familiares ou não, por dia.

  2. Zaire disse:

    O Caso Isabella Virou o novo Reality Show Brasileiro, so que com horario novo, no jornal Nacional.

    Isabella já foi eliminada 😛

    Vote para eliminar

    O pai, a Madrasta, A mae.

  3. Ma disse:

    é sempre um alívio, em meio a tanto disparate coletivo, ainda encontrar opiniões sensatas!
    thank you, sir!

  4. Luisa disse:

    o motivo de ter mais destaque na mídia era o fato dela ser da classe média ou por ser da classe média de São Paulo? tenho a impressão que outros casos de outros estados, como o da menina que teve as unhas arrancadas (mas não morreu) de GO, têm uma repercussão muito maior no Sul do país do que no Sudeste; enquanto por aqui ainda não se fala em outra coisa. para lembrar: http://www.clicrbs.com.br/diariocatarinense/jsp/default.jsp?uf=1&local=1&section=Geral&newsID=a1801398.htm

  5. Ma disse:

    Lembrei de um poema do Ferreira Gullar:

    “POEMA BRASILEIRO

    No Piauí de cada 100 crianças que nascem
    78 morrem antes de completar 8 anos de idade

    No Piauí
    de cada 100 crianças
    78 morrem antes de completar 8 anos de idade

    No Piauí
    de cada 100 crianças
    que nascem
    78 morrem
    antes
    de completar
    8 anos de idade

    antes de completar 8 anos de idade
    antes de completar 8 anos de idade
    antes de completar 8 anos de idade
    antes de completar 8 anos de idade”

    Dentro da Noite Veloz (1962-1975), pág.7 – Ferreira Gullar

  6. Alex Ok disse:

    Parabéns pelo blog e por ter tido a sensatez de avaliar a supervalorização deste episódio ínfimo diante de outros casos mais chocantes.
    Queria dividir com vc comentários que fiz no meu blog sobre este mesmo assunto, não diferentes dos seus.
    abs!
    Alex
    http://tweengo.wordpress.com/?s=nardoni


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s