Consumo e destruição.

desmatamento.jpgConsumir é destruir. Existe aquela velha máxima de que é impossível criar algo sem destruir algo antes. Na nossa sociedade industrial e consumista essa máxima assume proporções gigantescas. De uma simples garrafa plástica de água mineral até um veículo ou uma casa, tudo que consumimos hoje em dia tem um impacto muito maior do que em outras épocas de nossa civilização.

Temos que agradecer por nem todos terem um nível de vida de primeiro mundo, pois se assim fosse a civilização já teria encontrado seu fim. Podemos tomar como exemplo os E.U.A., um dos países mais ricos e consumistasinquinamento.jpg do mundo, com população superior a 300 milhões de habitantes (5% da população mundial) e que consome cerca de 1/4 dos recursos naturais do mundo. É a vida que a grande maioria sonha em ter: carro próprio, ar-condicionado, computador e celular de última geração, um bom bife, um banho bem quente e férias na Europa ou América do Norte. Só que se hoje em dia, com uma pequena parcela da população desfrutando dessas coisas, a Terra já está mal das pernas, imagina se todos que sonham com essa vida a alcançarem. Inviável, insustentável, impossível. Precisamos rever nossos conceitos.

Existem dois movimentos que acho fundamentais que a espécie humana desenvolva com urgência, para ao menos prolongar sua estadia neste planeta: permacultura e simplicidade voluntária.

Copiando da Wikipédia: “A permacultura é um método holístico para planejar, atualizar e sosol_ipec.jpgmanter sistemas de escala humana (jardins, vilas, aldeias e comunidades) ambientalmente sustentáveis, socialmente justos e financeiramente viáveis”. A permacultura busca utilizar fontes de energia renováveis (principalmente solar, eólica, biodigestão), reciclagem de água, reciclagem de lixo, construções de baixo custo ambiental (com o super adobe, por exemplo) e agricultura ecológica, e qualquer outra técnica, visando sempre o menor impacto ambiental possível e a preservação dos ecossistemas nativos.

Já a simplicidade voluntária (SV), é um movimento mais a nível individual, e não é preciso nenhum conhecimento específico. A SV busca reduzir todo o consumo desnecessário para a nossa vida e bem-estar. Viver mais e melhor com menos. A nossa ânsia de comprar, consumir e possuir, incentivada pela publicidade, acaba fazendo com que trabalhemos mais e mais num emprego que muitas vezes não nos traz nenhum prazer, além de trazer um grande desgaste para o ambiente.  Surpreendentemente, até na televisão o assunto já foi discutido, assista.

Não é preciso sair dos centros urbanos para levar uma vida mais sustentável, podemos reduzir bastante a nossa pegada ecológica mudando nossos hábitos de consumo. Antes de decidirmos por comprar algo é importante nos fazermos uma série de perguntas que vão nos ajudar a enxergar os impactos e a necessidade de comprarmos certos produtos. Algumas perguntas que você pode se fazer são:

  • Eu realmente preciso disso? Não posso executar essa mesma tarefa de outra forma, com algo que já possuo?
  • De onde vem esse produto? Que impactos ele causou ao ser produzido? Sua produção é muito poluente? Algum ser humano ou outro animal foi explorado e sofreu na sua produção?

Um certo critério próprio que eu tenho é o seguinte: se uma empresa gasta muito em publicidade é porque o produto ou não é bom, ou é desnecessário, inútil. Produtos que nós realmente necessitamos não costumam ser anunciados na televisão, ou alguém já viu propaganda de frutas?

Anúncios

28 Comentários on “Consumo e destruição.”

  1. Guiga disse:

    Pois não é que é? Imagina propaganda de laranja? E tb não tem propaganda de carne! No entanto teve propaganda de leite (aquele “got milk?”)! Bem, deve ter sido um lobby desgraçado da indústria do leite!
    Acredito que essa consciência vai surgindo aos poucos, e as atitudes tb vão sendo tomadas aos poucos. Por exemplo, acho inadmissível que hoje em dia ainda exista quem não separe o lixo! Mas obviamente estou longe da permacultura, e até da SV.
    Talvez seja um pensamento ingênuo da minha parte mas, acho que se TODO MUNDO fizer pelo menos UMA COISA pra colaborar (o fulano separa o lixo, o outro vai pro trabalho de bicicleta, a fulana não usa sacola plástica…), já estaremos num caminho melhor. Afinal, fazer alguma coisa é melhor que fazer nenhuma coisa, não é?

  2. Vanessa disse:

    o pior é que tem muitas ações que são bem simples, como separar lixo, economizar água e luz… nada de tão difícil de fazer. O problema no consumo é que ele é cada dia mais estimulado. Para onde quer que se olhe há algo te incentivando a consumir. Pior: consome e descarta rapidamente. E isso que é o apavorante, tanto para as pessoas quanto para o planeta. Às vezes acho que ser humano são a grande praga da Terra…

  3. Lucimeire disse:

    Olá..gostaria de informações reais sobre a foto acima sobre o desmatamento, como o local, cidade onde ela foi tirada, a data, ou algo do tipo.
    Por favor, se alguem souber me ajudara muito

    Aguardo retorno

    grata

    Lucimeire

  4. karol disse:

    Oi bem
    eu tambem acho isso uma verdadeira bobiça
    para que dematar ou queimar as plantas
    um dia vamos precisar muito delas eai nao vai ter mais pois estao acabando com todas elas
    por favor gente vamos combater isso
    isso nao é legal para ninguem se para eles sao divertimento para todos nos é puro sofrimento
    isso eh o que eu acho
    descupa desabafar aqui
    mais ISSO É TOTALMENTE ERRADO!!!!

  5. Mfs disse:

    massa massa 😛

  6. Carol de Caxias-MA disse:

    Esse tipo de atitude surpeende-nos agora, pois desde muito cedo há esse tipo de ação para com as árvores.Os portugueses ao chegarem no Brasil buscavam riquezas, e o pau-brasil foi um deles,com a industrialização agravou-se ainda mais, pois o país sente a necessidade de crescer economicamente nem que para isso destrua a si mesmo. E se conseguir essa emancipação econômica, para quem vai ficar a história? Porque se isso continuar não haverá geração futura….

  7. Jonas disse:

    Ola, Gostei muito deste comentario, pois escrevi uma tese sobre o mesmo mas ainda nãoa publiquei, por questoes de fundos.
    Gostaria que entrassen em contato por e-mail
    Obrigado!!!

  8. Adryelle disse:

    preservar e muito importante para a natureza pois não vivemos sem ele!!

  9. Guta disse:

    As vezes não pensamos nos nossos atos, fazemos coisas sem pensar, e, è isso que as pessoas devem ter cosciencia. Um medico não pode errar nas suas serugias, um engenheiro não pode errar nos seus calculos, uma cosinheira nao erra no seu tempero, e ninguem pode errar ao desmatar a natureza. São coisas simples e facies de se fazer, por exemplo jogar lixo no lixo não vai matar ninguem, não deixar a torneira pingando, não vai quebrar a mão de ninguem, o que e nosso devemos cuidar e prezervar!

  10. jullye disse:

    esse site e otimo para pesquisa de fotos

  11. jullye disse:

    e alem de falar sobre a realidade do mundo de hoje,que é poluição, queimadas e etc.

  12. tayna disse:

    o homem não sabe o que estar fazendo
    só vai saber quando acabar o oxigênio não e brincadeira não
    DEUS AJUDE A TODOS

  13. joanapanetone disse:

    amei o site mto obrigada

  14. joanapanetone disse:

    na verdade naum eh taum boum assim neh mais td bm ajudo bastantinhuuuuu

  15. magda disse:

    adorei o texto e todos nós tinhamos que pensar um pouco antes de comprar qualquer produto…..pq se pensamos bem nao teriamos de explorar outros paises para o nosso pais crescer…..e nem iriamos contribuir para a poluicao
    de certa forma todos n´s contribuimos pois compramos produtos superfulos…..

  16. skarllet disse:

    O desmatamento é muito ruim para a vida do ser humano. Se for desmatar, plante outras arvores de volta para que não fique uma lacuna em nossa Floresta.

  17. eu eu eu disse:

    PAU NU SEU CU FDP

  18. ddd amor disse:

    pau no seu cú , viado

  19. denise disse:

    que falta de respeito com o meio ambiente vam todos tomar na rola

  20. Muito bem, devemos sempre pensar no consumo consciente! Uma outra questão a se pensar também é nas soluções energéticas renováveis: se não colocarmos o consumo consciente na frente disto iremos apenas continuar o incentivo ao consumo desnecessário.

    Abraço!

    Bruno R.Steyer

  21. Makaz disse:

    Ya, passamos a vida a ver tantos progs na tv e ainda ñ nos pusemos em acção. Sou estudante de gestão ambiental, Moçambique e no meu país nem se fala de permacultura ou alguma aldeia parecida. Obrigado, estão a ajudar mto n meu trabalho de pesquisa.

  22. Step Machine disse:

    Be not wrathful that you cannot get others as you hankering them to be, since you cannot sign yourself as you thirst to be

  23. Johng361 disse:

    I really like your writing style, good information, thankyou for posting D. bcccdakadcec

  24. Scottie Frear disse:

    I conceive you have mentioned some very interesting points , appreciate it for the post.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s